quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Placas indicativas

E quando a gente se dá conta, o mundo gira.
Na verdade, às vezes, parece que chacoalha. Tonteia. 
Faz perder o rumo.
E encontrar novos caminhos.
Se desencontrar.

Dar de cara com placas indicativas repetidas vezes. 
Parece que mesmo no meio do furacão tem uma setinha dizendo: "por ali".
Alguns chamam de "anjos".
Aquela sarjeta que você senta depois de um porre.
Aquele porre que você toma depois de um fora.
A sopinha com cobertor na noite fria.

Anjos vestidos de placas indicativas.
Que te mostram a estrada quando a visão embaça.

Todo mundo algum dia precisa de uma indicação.
Até os grandes. Até os fortes.
O mundo é grande demais pra andar sozinho.
Às vezes o GPS quebra. 
Ou não suporta uma tempestade um pouco maior.

Mas o Universo conspira pra um luminoso acender na avenida.
E um técnico consertar a lâmpada queimada de dentro do peito. Ou dar uma recolhida nos cacos da última que acabou de quebrar.

Anjos. Técnicos de eletricidade. Placas indicativas.
Obrigada.


Um comentário:

  1. Que lindo, Fer. Eu tbm acredito em anjos. São eles que nos orientam e nos coloca no lugar!!! Beijoss

    ResponderExcluir