domingo, 10 de abril de 2011

O sistema.

Aí você se olha no espelho e nota que apesar de tanta porrada não aprendeu nenhuma lição decente que te fizesse ser mais racional... ou menos romântica.
Numa tarde besta você tem um insight que de nada adianta esses testes de revistas dizerem que você é um arraso na cama. E que a cor do batom da moda fica péssimo em você.
Cai a ficha (com o perdão do termo arcaico) que você não passa de um objeto para a sociedade vender mais. E lucrar mais. Lucrar com seu sofrimento, com sua felicidade, com suas celulites novas. E a gente aceita. E a gente quer. E a gente quer ser aceita.
Por que mesmo usando a roupa que o mundo quer, comendo a comida que o mundo manda, ouvindo a música que o mundo impõe você ainda está aí, jogada no sofá com pacote de biscoitos que ficará por meses no seu culote?
Agir como o sistema: "Não demonstre sentimento, eles fogem. Não seja ciumenta, eles espanam. Não ganhe mais, eles piram." Apenas malhe pra dar um up no efeito anti-gravidade, faça sexo duas ou três vezes por semana sem pudor e tenha algo de interessante pra conversar. Afinal, como diria Tati Bernardi: "a gente só quer ter com quem rir no final do dia e ganhar uns beijos no lugar certo."
A complexidade da simplicidade é enlouquecedora. Siga o fluxo, é simples, porém, previsível. Ou seja você, é doloroso às vezes, no entanto, é original.
Confuso? Estranho? E o que mais podemos esperar de um lugar onde chorar é sinônimo de fraqueza e a indiferença transmite poder?
Vontade de apertar aquele botãozinho, mandar as convenções para os ares e... xá pra lá. Esse é um mundo de matrix onde certas dimensões ainda não nos foram disponibilizadas. Sabe lá se um dia serão.

6 comentários:

  1. Guria, a cada dia vc se supera. É a mais pura verdade. Ou fazemos parte do sistema e vivemos em busca da aceitação dos outros. Ou somos nós mesmas, sem ter como negar que somos parte dele e que usufruímos do que nos interessa nele (em momentos que estamos fragilizadas e "caímos" na dele). O importante é exercitarmos nossa consciência de parte dele para cada dia menos cair na dele. Deu para entender? rs

    Beijo enorme. Vc é uma pessoa fantástica.

    ResponderExcluir
  2. É sempre bom ter a oportunidade de ler o que escreve.
    O conceito de ser simples é complicado.
    É muito hipocrisia o que essas revistas tentam nos passar! O problema é que msm enxergando isso, a gnt não quer sair do sistema. Ou até queremos, mas sempre ficamos um pouco presas naqueles antigos conceitos impostos. Então, sei que eu não conseguiria me libertar completamente do sistema, mas tento fazer o que posso para não ficar aprisionada e resumida nele.

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante o blog !
    Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

    www.bolgdoano.blogspot.com

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderExcluir
  4. Realmente somos manipulados por um sistema que nos enche de propaganda lindas para tomarmos cervejas e comermos chocolates e ao mesmo tempo mostra as modelos com corpos perfeitos para que nós sejamos iguais!!
    Vai entender...

    ResponderExcluir
  5. Caracaaaa Fer, você disse tudooooo, ou seja, a realidade do mundo de hoje...

    ResponderExcluir
  6. Odeio o sistema, odeio regras, odeio ter q seguir um padrão...

    ResponderExcluir