quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Bonita, eu?

















Sempre ouvimos dizer que aparência conta muito no mundo de hoje. Que o Mercado é cruel. Enfim, que é preciso sempre estar impecável para conquistarmos (ou mantermos) nosso lugar ao Sol.
Mas alguém aqui já parou para escutar de uma mulher bonita o quanto é difícil provar sua competência?
Parece piada, mas não, não é.
O dilema da mulher moderna vai muito além de casa-trabalho-filhos. Além de ter que se manter linda, ela também tem que mostrar serviço (e muuuito serviço!)
Infelizmente vivemos numa sociedade descartável, onde os valores são medidos apenas e tão somente pela carcaça. Para uma mulher bonita provar que é competente ela tem que trabalhar o triplo do homem, ou de uma mulher, digamos, menos provida de beleza.
Para provar que o preconceito nos segue, você diria que essa mocinha foi jogadora de volei, fala 5 idiomas e tem um faturamento anual de cerca de 5 milhões de dólares?

Letícia Birkheuer


O fato é que, sim, ter uma boa aparência ajuda em todos os apectos. Mas se cometer o pecado de ser LINDA, aí o buraco é mais embaixo baby... Vai ter que camelar muito pra provar que não é "só" isso.
 
Como diria o filósofo Lulu: "assim caminha a humanidade..."
 
Bacio!

Nenhum comentário:

Postar um comentário