quarta-feira, 4 de maio de 2011

Aquela menina...

Ela ri, ela estuda, ela chora... nossa, como chora. Ela trabalha e fala palavrão. Ela dança.
Aquela menina adora Clarice e sapatos. E não tem muita paciência.
A menina sonha, e faz. Fala e ouve. É generosa e egoísta.
Insiste em querer ajudar o mundo, e quer o mundo girando ao seu redor. Ela gira. Ela faz ponta na sapatilha.
Aquela menina delicada e com gênio difícil. Que ama fácil. Já disse que ela chora muito?
Desapegada e passional.
Apaixonada e indiferente.
Batalhadora e preguiçosa.
Ela desloca os quadris ao som do violino. E inventa que histórias de verdade são de mentira. Ela inventa. Se inventa. Re-inventa.
Aquela menina ouve e rock e moda de viola. E se emociona na mesma proporção. Compulsiva por doces e obcecada pelo jeans 38.
Vive de amores e dores.
Tem opinião eterna, que pode mudar a qualquer momento.
A garota paradoxo... filha das metrópoles, dos cabarés e dos templos. Muda de fases e frases.
Ama as palavras e as pessoas.
Ela gira... Abre o círculo, encerra o ciclo. Começa outro. E gira.

5 comentários:

  1. E gira muitooo porque o show da vida não pode parar, nunca, porque pra essa menina percebo que não tem parada...

    ResponderExcluir
  2. Ah que lindo!!
    Essa menina só tem medo de ficar parada!

    ResponderExcluir
  3. Hummm... sei não, mas essa menina se parece comigo!

    Beijo no coração.

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro e admiro meninas assim: corajosas!

    ResponderExcluir