quarta-feira, 9 de março de 2011

Os fantasmas.

Acordara exausta. Passara a noite lutando em seus pesadelos, contra seus fantasmas. Depois de muito tempo, as sombras do passado regressaram para atordoá-la. Dolorosas lembranças voltaram da escuridão para mostrar-lhe o quanto um dia foi frágil. E por mais forte que houvera se tornado através de tal sofrimento, tais lembranças funcionavam como criptonita para sua força. O gosto do passado de terror de volta era amargo demais, sentira grande revolta e sede imensa de justiça. Embora Deus já houvesse se encarregado da justiça natural, sentira ainda muito ódio e muito medo. Medo de nunca conseguir se libertar desses monstros que a faziam tão mal. Passara tanto tempo sem se lembrar. Apenas por uma cena de filme e tudo volta a vida como sangue fresco de uma ferida aberta. Agonizando por clemência e implorando por cicatrização. Choro, soluços, asco, desprezo. Sensações ruins causadas apenas por imagens. Demônios antigos que pensara estarem mortos, mas que ainda respiravam em sua mente. Gritava de raiva e rangia os dentes por ainda lembrar. Comprimia o ar na tentativa desesperada de esquecer. Mas a vida estava ali, não era possível arrancar um pedaço e atirar no abismo. Tais cenas sombrias a acompanhariam até o fim. E suplicara ao coração que se aquietasse, e à cabeça que não pensasse. Pois a maior vingança por tanta dor causada deveria ser a vida. Bem vivida. E vivera. Sem olhar para trás, fechara os olhos e pedira ajuda a si mesma quando os fantasmas aproximavam-se. Aquelas criaturas malígnas eram da escuridão. Ela não. E com os olhos ainda inchados e a respiração estafada, caminhara em direção à luz. Um dia, houvera de avistar algum ponto de luz...

8 comentários:

  1. Quem não tem seus fantasmas guardados em um cantinho do coração?
    E como dói né amore?!?
    Aff....
    Q Deus nos ajude a conseguir deixá-los cada dia mais no fundo, até q um dia a gente não consiga mais alcançá-los..
    Bjão linda!!!

    ResponderExcluir
  2. Um texto profundo!! Me fez lembrar dos fantasmas que me perseguem... Queria q esses fantasmas sumissem tomando algum tipo de comprimido... difícil né?
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Só convivendo com os fantasmas da vida é que conseguimos atravessar os dias de forma mais alegre e desassombrada.

    ResponderExcluir
  4. É, todos temos fantasmas. Fugir deles não os afasta, apenas os tornam ainda mais temerosos. Encará-los, na hora certa, é o que nos resta. Que surjam os pontos de luz!

    Lindo.

    Beijo no coração.

    ResponderExcluir
  5. Que texto intenso, flor... foi a chuva que te inspirou tbm? rs

    Lembrei duns sonhos que andei tendo.
    Eu tenho alguns sonhos "premonitórios". Apesar de muita gente não acredita, eles acontecem.
    Qdo eu acordo, me sinto exatamente como descreve no texto.

    Cada um tem um fantasma e o meu é um sonho. Coisa doida e contraditória, né?

    ResponderExcluir
  6. Nós somos os nossos próprios demonios, cabe somente a nós mata-los ou pelos menos não acorda-los nunca mais.

    ResponderExcluir
  7. Menina, vc vai longe com esses textos, essa criatividade e essa forma de expressar seus sentimentos. Adoro!

    ResponderExcluir