sexta-feira, 15 de outubro de 2010

O poder da atitude.

Para quê afinal viemos a esse mundão louco de meu Deus? Podemos escolher entre ver a vida acontecer ou fazer a vida acontecer. A diferença? ATITUDE!

Eu decido como será meu dia assim que eu acordo. Posso seguir o conselho do meu amigo Zeca: "deixa a vida me levar" ou arregaçar as mangas e correr atrás do que eu quero.

Hoje não ficarei triste. Hoje direi "eu te amo" para aquela pessoa. Hoje me matriculo no curso de Italiano. Hoje. Sempre hoje, nunca amanhã. Esse é o fator de peso para quem quer viver e não ver a vida.














Ter atitude suficiente para não querer fazer nada naquela tarde. Para dizer o que se sente, ou para simplesmente ficar calado.

Atiude para admitir que tem fé, porém, "a fé sem obras é morta" (Tiago 2:17). Sim, até para ter fé em Deus precisamos de atitude. Porque ficar naquela que "Deus proverá" e mater os bracinhos cruzados baby, desculpa o baque, mas nada vai acontecer, ok?

Destino? Sim, pode ser. Certas coisas não parecem mesmo acontecer ao acaso. Mas nos prendermos aos possíveis acasos do destino para desfrutar de algo, me soa como um baita comodismo. Como diria Martha Medeiros: "O destino decide quem entra na minha vida. Minha atitude decide quem fica."

Eu quero. Eu posso. Eu consigo. Como? Começando a tomar ATITUDE!

Besos...

Um comentário:

  1. Destino é só uma palavra que grande parte costuma usar pra justificar seus fracassos, ou a sua covardia.

    "O destino é o que baralha as cartas, mas nós somos os que jogamos."
    (William Shakespeare)

    Quem quer, faz acontecer.

    Ps.: Vai soar redundante, mas é fato, seu blog tá show, trenzim!

    Bjo.

    @ChrisRibeiro

    ResponderExcluir